Análise – Mega Man X Legacy Collection

Mega Man X foi criado como uma fórmula evoluída do original, com mais mecânicas e novas formas de enfrentar a mesma estrutura pela qual Mega Man é conhecido. X, a personagem principal de Mega Man X tem ao seu dispor, para além do canhão de braço, mais artimanhas apesar de a base dos jogos continuar a mesma: andar, saltar e disparar. Neste primeiro volume, encontramos Mega Man X, Mega Man X 2, Mega Man X 3, Mega Man X 4, um modo desafio e vários extras.

Os jogos em si não sofreram alterações, existem alguns filtros para alterar o visual e podem escolher o formato que preferem para o ecrã de jogo, algo bastante normal para este tipo de colecções. Quando se fala de Mega Man, uma das primeiras coisas que costuma ser alvo de conversa é a dificuldade dos jogos, para quem se sentir menos à vontade a enfrentar mavericks existe um modo rookie que pode ser accionado e ajuda os novatos a entrar no espírito do jogo. A série Mega Man X é bastante difícil numa primeira abordagem e quanto mais jogarem mais hábeis se vão tornar. Se forem persistentes irão conseguir tirar bom proveito destas colecções, caso não estejam à procura de um desafio é melhor manterem-se afastados. No fundo esta colecção é para os fãs.

O rookie mode torna-nos muito mais resistentes e o jogo torna-se deveras fácil. Ao longo dos primeiros 4 jogos da série Mega Man X vamos assistir a cenários bastante familiares mas com outros nomes, a verdade é que praticamente nada mudou mas mudou muita coisa. O simples facto de existirem mais formas de interagir com o cenário abre um leque de opções que outrora não existia. Se conjugarmos algumas manobras complicadas com a obrigatoriedade de termos que passar por elas e vários momentos em que temos de ser praticamente perfeitos existem vários momentos frustrantes no jogo.

Existe imenso material de bónus incluído, desde trailers a músicas e arte. Todo este conteúdo irá, mais uma vez, agradar aos fãs. Como um todo existe aqui imenso conteúdo e até um novo modo de jogo. Neste modo, que não faz parte de nenhum dos 4 jogos incluídos, é possível enfrentar dois Boss de cada vez, é uma ideia engraçada e que gera um desafio interessante.

Em Mega Man X jogamos como X e temos que parar Sigma, aqui foram acrescentadas algumas manobras e é o suficiente para destacar Mega Man de Mega Man X. O primeiro nível acaba por nos ensinar as bases e a partir daí tudo depende da nossa vontade. Se conseguirem explorar os níveis ao máximo até serão recompensados com armaduras novas e alguns poderes extra.

Em X2 temos uma evolução, um bom conjunto de inimigos e uma continuação da história do original. E motas., foi este o maldito jogo em que inseriram as motas. Se não sabem porque razão não gosto das motas nestes jogos, gabo-vos a sorte de nunca terem passado pelo tormento que eu passei.

X3 é onde a série começa a mostrar sinais de estagnação, não há muito de novo e mais parece uma expansão que se preocupa em aumentar a dificuldade e nos deixa controlar Zero em algumas secções. A versão que está na Mega Man X Legacy Collection é a da SNES.

X4 foi lançado numa nova geração de consolas e como tal a primeira coisa que salta à vista é o visual. É bastante estranho, parece que a câmara ficou mais próxima e vemos menos do nível em redor de X ou Zero comparativamente aos anteriores. Em termos de manobras também foi o jogo que me ficou na memória como o mais estranho, no fundo se ignorarmos a existência de X7, como qualquer um deveria, este foi o jogo que menos gostei devido à estranheza que me causou.

E são estes os 4 jogos que podem encontrar nesta colecção. Tanto as versões que conhecemos como Mega Man X ou Rockman X estão disponíveis e é possível alterar o aspecto com alguns filtros. O facto de podermos alterar as acções para os botões que pretendemos também ajuda imenso sendo que esta série tem 3 acções predominantes: atacar, saltar e efectuar um dash para conseguir chegar a certos sítios ou simplesmente desviarmos-nos.

Há medida que jogarem vão descobrir tudo aquilo que podem fazer de novo e de como as novidades implementadas nesta série a fizeram evoluir. É uma colecção que vale bem a pena para os fãs, para os curiosos existe o modo rookie que ajuda imenso a entrarem no espírito da série. Como um todo existe bastante conteúdo e os extras valem a pena, sendo uma colecção com grandes jogos da série.

 

Positivo

  • Mega Man X está tal e qual como nos lembramos
  • Continua desafiante
  • Possibilidade de alterar a apresentação de acordo com as nossas preferências
  • Extras

Negativo

  • Divisão da colecção em dois volumes

 

Alexandre Barbosa

Videojogos e séries de TV são o seu meio de entretenimento favorito. Desde jogos de plataformas a RPGs todos os jogos são um hipotético interesse. Ganhou também alguns traumas com certos videojogos mas isso já era de esperar. Agora já posso parar de falar sobre mim na 3ª pessoa?

More Posts

Alexandre Barbosa

Videojogos e séries de TV são o seu meio de entretenimento favorito. Desde jogos de plataformas a RPGs todos os jogos são um hipotético interesse. Ganhou também alguns traumas com certos videojogos mas isso já era de esperar. Agora já posso parar de falar sobre mim na 3ª pessoa?