Análise – Marvel’s Spider-Man: CTNS – Turf Wars

O segundo dlc do conteúdo “The City that Never Sleeps” já chegou e surpreendeu. Depois de um primeiro dlc com uma narrativa algo dispersa, Turf Wars é mais compacto. A história continua após os eventos de “The Heist” e não perde muito tempo com introduções, numa questão de minutos somos apresentados ao novo vilão e a tudo aquilo que este representa. Em termos de personagens o destaque vai para Yuriko Watanabe, esta está interligada à história e sobressai como uma personagem bastante forte, já os cúmplices do costume fazem as suas aparições através de chamadas de voz e dão algum contexto ao estado da vida de Peter Parker.

Desta vez em termos de novidades temos uma espécie de remix com as missões stealth e os desafios da Screwball assim como o regresso dos armazéns que servem de  arenas. Praticamente tudo aquilo que estava presente no primeiro dlc foi reformulado para este. Novos crimes, novos desafios, novos fatos e a continuação do fio condutor iniciado em “The Heist“. Em termos de jogabilidade, encontrei alguns bugs que apesar de não estragarem a progressão acabam por ser bastante chatos.

Pessoalmente gostei bastante deste segundo dlc e a razão prende-se com a forma como todas as missões nos são apresentadas no contexto da história. É uma narrativa com mais ímpeto e onde as personagens intervenientes são mais directas, com menos jogos do “gato e do rato”. O conteúdo de “Turf Wars” é mais virado para a acção mas mesmo assim consegue manter uma boa disposição através de vários diálogos e apesar de ser uma história curta, existe muito a acontecer para quem gostar de ver os desenvolvimentos das várias personagens.

A Insomniac está então a preparar-se para o final do conteúdo adicional que já foi anunciado e em termos de história e narrativa tudo parece estar a ser composto para um grande final. Para quem gostou da história de Marvel’s Spider-Man este conteúdo extra está a começar a transformar-se em algo obrigatório e apesar de continuar a não dar incentivos suficientes em termos de progressão de personagem, os fatos extra são sempre bem-vindos.

Depois de terminar “The Heist” fiquei com algumas dúvidas quanto a este conteúdo adicional para Marvel’s Spider-Man, felizmente as dúvidas estão a dissipar-se e “Turf Wars” vale bem a pena para os fãs do aranhiço.

Positivo

  • História concisa e recheada de acção
  • Vários desafios
  • Novos fatos

Negativo

  • Continua sem existir um incentivo no que toca ao desenvolvimento das habilidades do Spider-Man
  • Alguns bugs por limar

Alexandre Barbosa

Videojogos e séries de TV são o seu meio de entretenimento favorito. Desde jogos de plataformas a RPGs todos os jogos são um hipotético interesse. Ganhou também alguns traumas com certos videojogos mas isso já era de esperar. Agora já posso parar de falar sobre mim na 3ª pessoa?

More Posts

Alexandre Barbosa

Videojogos e séries de TV são o seu meio de entretenimento favorito. Desde jogos de plataformas a RPGs todos os jogos são um hipotético interesse. Ganhou também alguns traumas com certos videojogos mas isso já era de esperar. Agora já posso parar de falar sobre mim na 3ª pessoa?