Análise – Magic The Gathering: Dragon’s Maze – Intro Packs

Gatecrash já lá vai e Dragon’s Maze já chegou, com a sua mistura de todas as Guildas e uma série de novas cartas que prometem revolucionar o bloco Return to Ravnica, dando mais força e presença a cada uma das facções.

O PróximoNível ainda está a explorar e testar algumas das combinações que Dragon’s Maze oferece, mas enquanto a nossa análise e Unboxing ao Fat Pack da expansão ainda não chegam, testámos os Intro Packs da expansão dedicados a cinco Guildas distintas, Azorius, Orzhov, Grull, Simic e Rakdos.

Os testes feitos envolveram uma série de eliminatórias entre cada deck e rodando entre cada um destes, no final, medimos as vitórias, as respostas dadas e a diversão obtida com cada um dos baralhos, assim conseguimos criar um top 5 desde aqueles que não estiveram à altura, evoluindo até ao melhor deck e aquele que mais venceu.

Vamos então começar pelo menos eficaz e descendo até ao nosso favorito.

Azorius Authority

  • Cores: Azul e Branco
  • Habilidade: Detain
  • Foil: Lavinia of the Tenth

Azorius é uma das Guildas de Ravnica que tem tudo para funcionar, afinal mistura duas formas de controlo altamente eficazes com as cartas que exilam, pacificam criaturas, anulam ou fazem boomerangs.

Curiosamente e apesar de funcionar tão bem numa forma de controlo, este deck é demasiado focado na sua habilidade de Detain, a qual impede que uma criatura ou permanente possam desvirar no próximo turno. A verdade é que após vários jogos e contra várias cores, o Deck Azorius só ganhou uma vez, e raramente tinha uma resposta à altura da concorrência.

Lavinia of the Tenth, a carta que encabeça este deck é um claro exemplo de uma carta que tem presença, mas que não faz muito mais do que o impacto inicial ao entrar, e apesar de fazer Detain a cinco cartas, é pouco útil quando a vossa armada já foi limpa pela caminho e só atrasam o inevitável.

Vejam a lista completa de cartas aqui: Azorius Authority Decklist.

—————————————————————————————————————————————

Rakdos Revelry

  • Cores: Vermelho e Preto
  • Habilidade: Unleash
  • Foil: Exava, Rakdos Witch

Mais uma vez, temos aqui duas cores que tem tudo a ver uma com a outra, o preto significa a morte e o vermelho o dano directo, o que normalmente também leva à morte, simples. Rakdos é bom e é divertido de jogar com as suas criaturas que preferem atacar sacrificando a defesa. Pode ser divertido, mas não é tão bom como os restantes.

Rakdos Revelry é uma mistura entre a vontade de atacar e a de encher o campo de criaturas que não querem morrer (a lembrar Grull em casos pontuais). Combos como Carnage Gladiator que dá dano ao controlador da criatura que defende é óptimo para um deck com Unleash. Juntem a isto, Exava, Rakdos Witch, a criatura especial deste deck que dá Haste a criaturas com marcadores +1/+1, então conseguem criar um frente de combate bastante boa.

O problema de Rakdos Revelry é a sua competitividade, pois arranca muito bem, mas falha constantemente por depender dos combo entre cartas mais úteis, o que o fez perder mais vezes do que angariar vitórias esmagadoras. Além do mais, faltam mais criaturas com Unleash para combinar com a Exava. Um deck explosivo mas que não faz grandes estragos.

Vejam a lista completa de cartas aqui: Rakdos Revelry Decklist.

—————————————————————————————————————————————

Simic Domination

  • Cores: Azul e Verde
  • Habilidade: Evolve
  • Foil: Vorel of the Hull Clade

Jogar com Simic é quase sempre um experiência divertida e recompensadora. Ver as criaturas crescer com a habilidade Evolve é empolgante e a forma como Simic cresce sem sacrificar quase nada é bastante perigoso para qualquer adversário

O Deck Simic Domination segue à risca a regra da Guilda, quase todas as criaturas usam evolve e as que não usam, são capazes de crescer ao pagar mana para ganhar mais ataque e defesa. A comandar esta evolução está Vorel of the Hull Clade, uma criatura barata para meter em campo que consegue duplicar os contadores em qualquer artefacto, criatura ou terreno, certamente uma criatura que vamos ver em decks que usem contadores. Além do Vorel, podem contar ainda com um Gyre Sage, um elfo com Evolve que dá mana verde igual ao número de marcadores que acumula.

Além de divertido e forte, o deck Simic ainda sai em vantagem pelas cartas incluídas que são ideias até para um iniciado começar a experimentar Magic. Entre os 5 decks, este foi dos que mais nos agradou, mas que fica uns furos a baixo frente ao domínio dos dois primeiros.

Vejam a lista completa de cartas aqui: Simic Domination Decklist.

—————————————————————————————————————————————

Grull Siege

  • Cores: Vermelho e Verde
  • Habilidade: Bloodrush
  • Foil: Ruric Thar, The Unbowed

Na análise de Gatecrash demos a Grull um louvor pelo facto de utilizar as cores verdes e vermelhas de forma inteligente e imprevisível, sendo que a habilidade Bloodrush é uma daquelas que vamos ver certamente em outros formatos para dar mais força a outras criaturas em forma de instantâneas.

Grull Siege surge nesta colecção como um deck que funciona em todos os aspectos e com resposta para combater quase todo o estilo de jogo enquanto se preocupa com aquilo que está a construir para dominar o adversário. Seja da construção oferecida pelo Druida Zhur-taa Druid que dá dano cada vez que vira para dar mana verde (e estamos a falar de uma carta comum) até ao líder do deck, Ruric Thar, The Unbowed que dá 6 pontos de dano cada vez que um jogador joga um magica que não seja criatura, este é um deck realmente ameaçador.

O deck de Grull é fácil de jogar e mostra claramente que esta Guilda é uma das mais fortes da expansão, com inúmeras soluções à sua disposição para dar dano ao jogador e sobreviver o tempo necessário para controlar o campo de batalha com as suas bestas. De todos os jogos feitos com estes decks temáticos, só houve um deck que mostrou estar pronto para vencer com clareza os restantes e estar um passo à frente de Grull.

Vejam a lista completa de cartas aqui: Grull Siege Decklist.

—————————————————————————————————————————————

Orzhov Power

  • Cores: Preto e Branco
  • Habilidade: Extort
  • Foil: Teysa, Envoy of Ghosts

Curiosamente, aquela que é também a minha Guilda favorita, é aquela que recebeu o melhor Inro Deck desta expansão. A combinação de cores pode ser totalmente díspar, mas este deck Orzhov funciona muito bem.

Tal como foi dito na análise de Gatecrash, a Guilda de Orzhov é óptima para jogar com cartas da ligada à mesma e isso resulta na presença em peso da habilidade Extorquir, uma das habilidades mais fortes de Return to Ravnica.

Além de funcionar realmente bem, o Orzhov Power engloba ainda um Crypt Ghast que duplica as manas pretas (assim podem extorquir ainda mais) e a Teysa, Envoy of Ghosts. Mesmo sendo um pouco cara, cada vez que a Teysa entrou no campo de combate, não houve um jogo que este deck tivesse perdido e com o Extorquir em funcionamento, mesmo que a carta não aparecesse, era possível ganhar com outras criaturas.

Tal como o nome do deck diz, Orzhov Power é realmente o deck Intro mais forte desta expansão e entre os vários jogos que fizemos é aquele que mais vitórias garantiu, e que maior sensação de domínio deu ao jogar, como tal, é uma boa aposta para iniciar esta expansão.

Vejam a lista completa de cartas aqui: Orzhov Power Decklist.

—————————————————————————————————————————————

Esta foi a nossa análise aos vários Intro Packs de Dragon’s Maze. Em breve podem contar com o Unboxing do Fat Pack da expansão, assim como a análise global desta colecção.

Nota: Todos os Intro Packs incluem dois Boosters da expansão.

Daniel Silvestre

Fã de jogos, filmes, anime e coisas do género. Jogo desde que me lembro e adoro RPG. Tenho uma grande colecção deles que tenciono acabar. Talvez um dia no lar da 3ª idade.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebook

Daniel Silvestre

Fã de jogos, filmes, anime e coisas do género. Jogo desde que me lembro e adoro RPG. Tenho uma grande colecção deles que tenciono acabar. Talvez um dia no lar da 3ª idade.