Análise – Love Live! School Idol Project

Informação Global:

  • Episódios: 13
  • Ano: 2013
  • Produtores: Sunrise, Lantis, NIS America, Inc.
  • Géneros: Musical, Vida Escolar, Quotidiano
  • Idades: +13
  • Linguagem: Japonesa

Mesmo sendo um projecto dos estúdios Sunrise, sendo a estreia do novo director Kyogoku Takahiko e mesmo dando um desconto, Love Live! School Idol Project deixou muito a desejar. Com apenas 13 episódios, este Anime tentou alcançar um escalão demasiado alto para a sua curta duração dentro do género. A história começa quando a escola secundária Otonokizaka decide fechar dentro de três anos devido às poucas inscrições e à popularidade das outras escolas. Para combater este destino, juntamente com oito raparigas, Honoka decide fundar um grupo pop de ídolos para aumentar a popularidade da escola e assim angariar mais estudantes. Um plano simples e sólido, mas com um longo caminho pela frente, Honoka está decidida e pronta a arriscar de forma a concretizar o seu sonho.

A história é rápida demais, isto porque com apenas 13 episódios para apresentar nove personagens fica complicado gerir o tempo e explorar a história em si. Como resultado em Love Live! School Idol Project tudo parece apressado e frouxo. É num espaço de um episódio que nunca cantaram ou dançaram e no outro já são ídolos profissionais. Demora demasiado tempo a apresentar e a explorar todas as personagens e ainda decidiram gastar dois episódios de fillers desnecessários num maid café e na praia só para mostrar fanservice e cenas fofas. A evolução dos acontecimentos e a sua importância começam a perder essência ao longo do Anime. Ora o objectivo é impedir que a escola feche, ora já é o sonho de ser uma ídolo independentemente de tudo, ora o objectivo principal já é apenas secundário e junta-se o útil ao agradável.

A dada altura, Love Live! School Idol Project perdeu o seu sentido e objectivo fora do tempo sabe-se lá porque. Muitas questões ficaram por explorar, compreensivo pelo pouco tempo mas crucial num bom Anime, como por exemplo, dar a conhecer os outros grupos escolares e explorar mais a questão do profissionalismo. O desenlace do Anime é do mais irresponsável que já vi porque está dependente do egoísmo adolescente e da amizade irresponsável, ideias como “vou estudar para ter uma carreira promissora = não, não vais porque eu sou tua amiga, quero que fiques, porque preciso de ti e quero dançar e cantar contigo” surpreenderam-me pelo negativo visto que no Japão o sentimento de egoísmo é muito mal visto.

Quanto às personagens, o grande problema de Love Live! School Idol Project é ter demasiadas pessoas para apresentar em tão poucos episódios e para dar atenção a todas, estas acabam por as tornar demasiado cliché, estereotipadas e previsíveis. As supostas personagens principais passam por secundárias, as suas personalidades não são desenvolvidas, histórias relevantes dos seus passados não são reveladas e não contribuem nada para a história principal. Estão no Anime como enfeite adorável, para usar fatos bonitinhos e nada mais, como por exemplo, a Hoshizora Rin e a Koizumi Hanayo.

Das personagens que tem mais de tempo de antena, Kousaka Honoka é o tipo de protagonista positiva e energética que faz tudo com máxima dedicação e as vezes até de mais, Minami Kotori é querida, inocente, feminina mas por vezes distraída enquanto que Sonoda Umi… é uma cópia descarada da Akiyama Mio do Anime K-ON!. Fisicamente semelhantes, Umi age de forma séria sempre a forçar as mais preguiçosas a trabalhar, secretamente é envergonhada e um alvo fácil para sustos. Em conclusão, temos um grupo inicial composto de três raparigas todas elas diferentes e estereotipadas que funcionam sabe-se lá como. Pessoalmente, costumo ter sempre uma personagem da qual gosto mais mas desta vez nenhuma teve o impacto necessário para tal.

Sobre os aspecto técnicos de Love Live! School Idol Project, a arte não é nada de extraordinário mas é extremamente adorável e brilhante. Embora alguns desenhos das personagens sejam reciclados como é o caso da Umi, todas as cores são vivas e claras o que transparece bem o sentimento de pureza, sonhos e adolescência que o Anime quer transmitir. A animação CG das sequências de dança é fluída mas contrasta demasiado com a animação normal. Embora seja óbvia a diferença nas animações, acho que se enquadra bem neste género e estilo de Anime. Infelizmente, com o aumento das personagens ao longo de Love Live! School Idol Project, nota-se algumas falhas no desenho de fundo e é a partir do episódio 7 que se começam a notar mais. A arte parece deteriorar durante os episódios de fillers.

Em termos musicais, Love Live! School Idol Project é bastante decente e está de acordo com o seu género. Músicas fofinhas e viciantes muito dentro da cultura pop Japonesa e principalmente direccionadas à dança são um ponto positivo a destacar. Apercebi-me que a música do final é cantada pelas diversas actrizes de voz e cheguei à conclusão que algumas delas não foram feitas para cantar por serem demasiado irritantes, mas a ideia de fazer a mesma musica cantada pelas personagens que vão sendo introduzidas ao longo do Anime foi original. Tanto o opening “Susume→Tomorrow” como o ending “Kitto Seishun ga Kikoeru” foram temas criados para o Anime e são interpretados pelo grupo μ’s de Love Live! School Idol Project.

Em conclusão, Love Live! School Idol Project caminha em direcção ao suicido a partir do momento que quis mostrar muita coisa num curto espaço de tempo. A resolução antecipada do Anime fez-me pensar “tanto trabalho para nada”, mais vale verem iDOLM@STER porque para além de ser um Anime com uma popularidade gigantesca, tem aquilo que Love Live! School Idol Project falhou em ter. Na minha opinião, o problema evitava-se no investimento de mais episódios e aí sim Love Live! School Idol Project poderia competir com grande títulos como iDOLM@STER, AKB0048 e Uta no☆Prince-sama♪ Maji Love 1000%.

Infelizmente considero Love Live! School Idol Project um Anime Fraco visto que não sou fã deste género de Anime e gostava de encontrar um que me mostra-se o porquê da fama destes Animes entre os seus espectadores. Acho que pecou em quase tudo o que caracteriza um Anime minimamente bom pois tem demasiadas falhas para as notas que recebe, e acho que é literalmente uma perda de tempo e uma desilusão. Não recomendo Love Live! School Idol Project nem mesmo aos fãs deste género, se houver uma segunda temporada, talvez o Anime fique melhor e consigam mostrar aquilo que faltou, não sei, só o tempo dirá, até lá vou ser justa e sincera com a minha opinião. Se estão curiosos por algo deste género, vejam algo como iDOLM@STER porque comparado com Love Live! School Idol Project é sem dúvida muito melhor em todos os aspectos.

Positivo:

  • Animação adorável e brilhante
  • Utilização do CG
  • Desenho e cor que transmite o sentimento do Anime
  • Músicas pop que ficam no ouvido
  • Temas interpretados pelas actrizes de voz

Negativo:

  • História apressada e frouxa
  • Demasiado conteudo para pouco tempo
  • Evolução ilógica de acontecimentos
  • Questões por explorar
  • Desenlace irresponsável e egoista
  • Personagens clichés, recicladas, estereotipadas e previsiveis
  • Falhas no desenho
  • Algumas vozes irritantes
  • Resolução antecipada