Análise – J-Stars Victory Vs +

j-stars-victory-vs-analise-review-pn-n_00015

Se havia jogo que os fãs de Anime mais podiam desejar para o ocidente, esse seria J-Stars Victory Vs. +. Com a quantidade de personagens icónicas de mais de uma dezena de Animes e Manga, este é o Natal do género para todos os fãs.

A localização ocidental parecia impossível devido aos licenciamentos feitos com várias distribuidoras, mas a Bandai Namco tem muita força e o jogo acabou por ser lançado no ocidente. Será que valeu a pena o esforço?

j-stars-victory-vs-analise-review-pn-n_00005

Apesar de ter sido desenvolvido pela Spike Chunsoft, J-Stars Victory Vs + podia muito bem ser um jogo da Cyberconnect2, pois o seu estilo e apresentação não estão muito distantes dos jogos de Naruto. Este é um jogo de luta em cenários amplos e que recorre a combos simples, mas variados entre cada personagem.

J-Stars Victory Vs + inclui umas boas dezenas de lutadores, e a maioria deles bem conhecidos, como é o caso de Naruto, Luffy (One Piece), Son Goku (Dragon Ball), Ichigo (Bleach) e até Kenshin (Samurai X). Para além destes mais famosos, podem contar com os seus rivais e inimigos, e até personagens mais recentes, como é o caso de Koro Sensei (Assassination Classroom).

j-stars-victory-vs-analise-review-pn-n_00002

Todas estas personagens são atiradas para uma campanha que presta boa homenagem ao mundo da Shonen Jump, com vários Cameos e referências hilariantes para quem conhece este vasto mundo, no entanto, esse é o melhor ponto de toda a campanha, pois esta é algo desprovida de interesse ou grande profundidade.

Aqui podem escolher um de quatro caminhos e ter uma visão da mesma história pelos olhos de várias personagens que vão formando as suas equipas. Infelizmente entre os melhores momentos das campanhas existem algumas quebras, seja pelos encontros aleatórios, ou o andar a passear pelo mar. Não que seja terrivelmente aborrecido, mas não é tão empolgante como devia ser.

j-stars-victory-vs-analise-review-pn-n_00007

Além da campanha existem outros modos e tudo o que fazem permite juntar dinheiro para comprar mais personagens e assists, o que dá uma longevidade bastante boa, mas obriga sempre a algum grinding. Podem ainda jogar com um amigo em formato competitivo ou cooperativo, e também online contra outros jogadores. Este é um modo que corre bastante bem e sem grande lag, mas preparem-se para encontrar sempre as personagens mais fortes do jogo, vezes e vezes sem conta.

Quanto ao combate em si, este requer a presença de vários heroís (ou vilões) no cenário ao mesmo tempo, funcionando num sistema de eliminação de equipa, ou seja, quem tiver mais baixas, vai perdendo pontos e o primeiro a perder todas as “vidas” perde. É um sistema estranho a início, mas fácil de aprender e gerir.

Como disse antes, o combate faz lembrar bastante os jogos de Naruto Storm, mas com algumas diferenças que o tornam independente, como é o caso dos cenários mais amplos e a locomoção das personagens entre eles. É um sistema que funciona bem, especialmente com a introdução dos assists que podem ser usados em combos, mas que sofre de algumas falhas.

Os piores momentos surgem com algumas personagens claramente mais fortes que outras, com sessões de spam de ataques que quase furam os tímpanos e um sistema de recuperação/invencibilidade que as personagens ganham quando se estão a levantar do chão, não consigo perceber bem o que ele está aqui a fazer quando existem soluções bem mais práticas e funcionais em outros jogos de luta.

j-stars-victory-vs-analise-review-pn-n_00012

O que torna J-Stars Victory Vs + tão apelativo nos combates, é a forma como engloba todos os ataques e transformações icónicas de cada personagem, tudo isto em momentos bem conseguidos e recriados, que ainda para mais, podem ser usados em combate.

Visualmente, J-Stars Victory Vs + brilha mais consoante a consola que estiverem a jogar, a versão PS4 a que tivemos acesso tem uma cor e visual apelativo, embora bem longe de outros jogos do género (aqui Naruto Storm continua a ser a referência). Os cenários também são bastante básicos e quase tudo o que não seja persoangens, usa texturas algo ultrapassadas.

j-stars-victory-vs-analise-review-pn-n_00001

Quanto ao som, é bom perceber que todas as personagens usam as suas vozes originais, embora pudesse haver muito mais diálogos falados, que são substituídos por pequenas palavras ou grunhidos. Já a banda sonora, faz bem o seu trabalho, estando ao nível do material que engloba.

J-Stars Victory Vs + é um bom jogo e uma proposta altamente divertida, mas só vai interessar a quem seja fã de mais do que um Anime que esteja aqui representado. O conteúdo global do jogo está cheio de referências e piadas que o tornam ainda mais valiso para quem conhece.

j-stars-victory-vs-analise-review-pn-n_00006

Mesmo que falhe em alguns pontos, J-Stars Victory Vs + é uma boa primeira impressão de algo que quero ver evoluir e ter mais edições no futuro. Se são fãs de Anime e gostam de jogos do género, então vale a pena dar uma vista de olhos.

Positivo:

  • Dezenas de personagens icónicas
  • Vários cameos hilariantes
  • Muita nostalgia
  • Combate com potencial
  • Combates e poderes bem representados
  • Muito para desbloquear

Negativo:

  • Campanha podia ter uma história mais trabalhada
  • Personagens mais fortes que outras
  • Sistema de recuperação irritante
  • Cenários com texturas pouco trabalhadas
  • Câmara trapalhona

pn-bom-ana

Share

You may also like...

error

Sigam-nos para todas as novidades!

YouTube
Instagram