Análise – Game of Thrones: The Ice Dragon

game of thrones the ice dragon pn t1

E eis que chega a (in)conclusão tão aguardada de Game of Thrones da Telltale, o 6º episódio intitulado The Ice Dragon começa bem e deixa correr as águas.

Esta tem sido uma aventura atribulada tanto na história como nas escolhas que nos são dadas, mas esta análise vai centrar-se apenas no 6º episódio.

game of thrones the ice dragon pn (5)

Dependendo da personagem que salvaram no fim do 5º episódio é com ela que vão começar a jogar. A situação inicial parece estar lá para encher um vazio mas dá alguma cor a um início de outra forma monótono.

No norte a busca de Gared Tuttle pela North Grove chega ao fim e é uma desilusão. Nada é realmente explicado sobre este sítio, e a sensação com que fiquei é que toda esta parte da história serviu apenas para mostrar situações para lá da parede e nada mais. E há um urso polar, uma bruxa e morrem pessoas, penso que esteja tudo dito sobre esta secção.

game of thrones the ice dragon pn (1)

No que toca a King’s Landing as vossas escolhas ditam… nada! Tudo aquilo que se vai desenrolar nos momentos que se seguem são baseadas em escolhas realizadas no momento! Lembram-se de quando entraram numa festa sem autorização? Mintam, e nunca aconteceu. Enfim, pelo menos existem finais distintos para Mira.

Então e a acção principal com os Forrester? Como disse no inicio da análise, o inicio é monótono, não fosse pela pequena emboscada não se passaria nada de muito interessante. No entanto já protegidos pelos portões de Ironrath o nosso pequeno grupo de guerreiros encontra-se a uma parede de distância de um exército gigantesco dos Whitehill.

game of thrones the ice dragon pn (7)

Como seria de esperar, tem que existir um plano para tentar ganhar esta guerra de outra forma perdida. O plano é criado através de duas opções que acabam por se expandir em 4 com 2 resultados possíveis, já que se não formos nós a causar confusão outras personagens farão o favor de estragar tudo.

No fim do episódio não existe uma boa conclusão e parece faltar um episódio para que não fiquem pontas soltas. Para o melhor ou pior a acontecer deverá ser na forma de uma segunda temporada e tendo em conta a experiência que tive com a sequela de The Walking Dead não sei se irei gostar.

game of thrones the ice dragon pn (9)

No departamento sonoro este episódio comporta-se bastante bem, já no visual parece que a Telltale se desleixou um pouco sendo este o episódio em que mais nos apercebemos da falta de profundidade nos cenários. Isto sem falar de alguns erros visuais que ocorreram durante o episódio assim como a má apresentação de alguns elementos nas personagens.

Esperava uma conclusão que mesmo que deixasse algumas pontas soltas nos deixa-se minimamente cientes do que as nossas escolhas trouxeram, e em vez disso temos um final completamente aberto que deixa a TellTale com quase total liberdade para iniciar uma segunda temporada. Fiquei desiludido, pois apesar de querer ver uma segunda temporada neste mundo, preferia ver uma história totalmente diferente em vez de ver estas personagens numa história diluída e alongada para uma segunda temporada na melhor das hipóteses.

game of thrones the ice dragon pn (11)

Game of Thrones: The Ice Dragon é um episódio que consegue transpor bem aquilo que foi feito durante toda a temporada, um episódio onde as escolhas nem sempre têm o devido efeito e com falta de uma conclusão minimamente aceitável para uma história que prometeu tanto no início. Esta é sem dúvida a pior conclusão de uma temporada nos jogos da Telltale desde que o estúdio ganhou fama com The Walking Dead.

Brevemente teremos uma análise completa a esta primeira temporada aqui no PróximoNível, fiquem atentos.

Opinião extra por Sérgio Batista

Ao contrário do Alexandre Barbosa, eu não joguei todos os episódios de Game of Thrones na altura em que foram lançados, portanto não estive propriamente à espera pelo último episódio durante 4 meses (isto continua a não ser aceitável, Telltale Games). Em vez disso, estive a concluir um episódio por dia de forma a jogar o último no dia de lançamento, assim ainda me recordava da maioria dos eventos dos episódios anteriores.

Uma vez que esta análise foca-se no 6º episódio, também vou falar apenas desse mesmo, e digo desde já que me deixou sem palavras. Não porque foi extremamente bom ou porque houve algum plot twist inesperado, deixou-me sem palavras porque não criou nenhum impacto em mim.

game of thrones the ice dragon pn (8)

Depois do episódio anterior ter terminado com uma das decisões mais fortes do jogo, estava à espera que a Telltale Games fosse aproveitar esta chance para criar caminhos verdadeiramente alternativos e dar um desfecho satisfatório à história da família Forrester. No entanto, a meio do episódio, tornou-se demasiado óbvio que estavam mais preocupados em deixar pontas soltas para uma possível sequela, logo não podem correr o risco de criar finais demasiados distintos para todas as personagens. No fim ficamos com um episódio que serve mais como ponte do que propriamente uma conclusão.

Esta série continua a ser uma adição interessante ao universo Game of Thrones, mas começo a ficar um pouco farto da mesma fórmula que a Telltale Games tem aplicado nos seus jogos desde The Walking Dead. Se voltarem a Westeros com uma nova aventura, espero que façam algo mais original.

 

Positivo

  • Momentos com Asher/Rodrik
  • Diferentes possibilidades para Mira

Negativo

  • Escolhas diferentes que levam ao mesmo resultado
  • Fim demasiado inconclusivo

razoavel-oficial-an-pn-img

Alexandre Barbosa

Também conhecido como Tylarth, sou um grande fã de videojogos no geral e séries de TV.

More Posts

Alexandre Barbosa

Também conhecido como Tylarth, sou um grande fã de videojogos no geral e séries de TV.

  • Nirvanes

    Eu não tive grande problema como eles fizeram isto nos Walking Dead… mas aqui foi tão óbvio…
    Ainda assim acho que conseguiu ser melhor que o finale do Life is Strange 😛