Análise – Final Fantasy XV Windows Edition

O tempo passa depressa. Desde que foi anunciado até ter sido lançado como Final Fantasy XV, foi uma longa espera, cheia de adiamentos e mudanças. No entanto, já passou mais de um ano desde que o jogo foi originalmente lançado e já chegou uma versão definitiva de Final Fantasy XV.

A acompanhar a versão final de consolas, foi também lançado para o PC, Final Fantasy XV Windows Edition, que marca a chegada deste episódio ao PC. Contrariando alguns lançamentos para PC levados a cabo pela Square-Enix, Final Fantasy XV Windows Edition é uma versão final bastante sólida.

Posso não ser um dos maiores fãs do jogo original, mas reconheço que Final Fantasy XV conseguiu ser um bom jogo dentro da série Final Fantasy, algo que foi confirmado quando o voltei a jogar no PC. Porém, não é o que já existia que conta para esta análise (para isso temos a original), mas sim o que foi adicionado e como este corre no PC.

Para começar, tenho de dizer que o jogo corre bastante bem no PC. Tirando o facto de ter morrido por duas vezes no dia de lançamento, obrigando a reiniciar o jogo, a minha experiência foi bastante boa e sem grandes problemas. Usei as specs no máximo com quase tudo o que são efeitos extra da NVIDIA e a coisa aguentou bem. O visual está acima do que pode ser visto nas consolas, mas isso já seria de esperar.

Como o meu SSD não é muito grande e Final Fantasy XV Windows Edition é, tive de o instalar no meu disco normal de 7200rpm, o que resultou nuns loadings algo demorados. Não sei se o SSD faz uma grande diferença, mas esta dei bem por ela. Como o jogo permite activar também as definições de desempenho, foi fácil ver o que estava a correr melhor e pior.

Já no que toca à jogabilidade, tenho a dizer que jogar de rato e teclado não é nada fácil ou intuitivo. A melhor opção continua a ser ligar um comnado e jogar como foi originalmente pensado. Existem várias formas de personalizar o jogo e isso é bom sinal.

Além da história base, quem jogar no PC também vai ter direito à versão mais completa de Final Fantasy XV, pois esta edição reúne todas as melhorias e updates lançados até à data, com todos os DLC também já incluídos. Isto faz com que Final Fantasy XV Windows Edition seja a versão mais próxima de completa e vastamente melhor que a original, que foi ganhando ainda mais com o passar do tempo.

O departamento visual também acompanha bem a tecnologia disponível, oferecendo várias opções para que tudo fique ainda mais fluído e bonito. Algumas das tecnologias da NVIDIA acrescentam coisas como mais folhagem, melhores sombras e movimento das pelagens das criaturas. São coisas que não precisam de estar ligadas para se jogar já com bastante qualidade, mas que são bem-vindas.

Tendo em conta o conteúdo incluído e o seu preço final, Final Fantasy XV Windows Edition é uma óptima oferta para todos aqueles que estavam à espera dele no PC. Continua a não ser o melhor Final Fantasy de sempre e continua a ter alguns pontos menos positivos, mas não deixa de ser um grande JRPG que merece usar o nome da série com orgulho.

  • Positivo:
  • Boas adições visuais
  • Corre bem no PC
  • Todos os conteúdos e DLC

Negativo:

  • Teclado e rato não são o ideal
  • Alguns crashes ocasionais
  • Loadings longos

Daniel Silvestre

Fã de jogos, filmes, anime e coisas do género. Jogo desde que me lembro e adoro RPG. Tenho uma grande colecção deles que tenciono acabar. Talvez um dia no lar da 3ª idade.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebook

Daniel Silvestre

Fã de jogos, filmes, anime e coisas do género. Jogo desde que me lembro e adoro RPG. Tenho uma grande colecção deles que tenciono acabar. Talvez um dia no lar da 3ª idade.