Análise – Dragon Quest

dragon-quest-ios-rev-top-pn

Dragon Quest – conhecido no Ocidente também como Dragon Warrior – é uma série que se tornou muitíssimo importante no panorama dos RPGs. Lançado originalmente em 1986, o jogo foi um aglomerado de inspirações no que toca a RPGs de tabuleiro como em videojogos como Wizardry ou Ultima. Este trabalho de Yuji Horii e Koichi Nakamura de início a uma revolução no que toca a RPGs produzidos no Japão.

Este novo título foi lançado inicialmente na NES mas acabou por chegar a PCs mais obscuros como PC-9801 ou o já mais conhecido MSX. O que o tornou tão popular no país do sol nascente foi a capacidade de tornar simples o que outrora era críptico neste gênero em fase de expansão.

dragon-quest-ios-rev-1-pn

Depois de alguns lançamentos com o decorrer dos anos, eis que o jogo está disponível para dispositivos iOS e Android. Ao que parece estas versões não se ficarão por aqui, visto que Dragon Quest 2 e Dragon Quest 3 seguirão o mesmo caminho.

O jogo conta a história de um herói que irá livrar o mundo de Alefgard de um mal que se avizinha. As lendas contam de um vilão chamado Dragonlord que irá espalhar a escuridão e perturbar a paz do reino, por isso teremos que seguir as pisadas de um antigo guerreiro chamado Erdrick e salvar Alefgard.

dragon-quest-ios-rev-3-pn

Dragon Quest encontra-se dividido em duas partes no que toca a história, sendo que a primeira centra-se na típica história de salvar a princesa das mãos do mal, enquanto que a segunda irá colocar o jogador atrás do malvado Dragonlord.

Este é um RPG com elementos bastante clássicos e uma mecânica bastante simples. Vamos dar nome ao nosso protagonista e com apenas ele vamos partir para a nossa aventura. Temos o mundo de Alefgard aberto para a nossa aventura, sendo que iremos combater monstros em random-encounters, subir de nível, comprar armas e armaduras melhores nas cidades vizinhas e percorrer masmorras.

dragon-quest-ios-rev-7-pn

Um dos aspectos chave deste jogo é a maneira como nos ensina sobre os vários perigos do jogo com um minimalismo interessante. As várias zonas de Alefgard estão divididas por pontes, sendo que por cada vez que atravessamos para a outra margem descobrimos que os monstros ficam mais fortes.

Rapidamente descobrimos que precisamos de melhorar a nossa força e comprar melhor equipamento para termos sucesso nos combates. A história acompanha bem esta progressão pelo que iremos atravessar as zonas com dificuldade reduzida e completar desafios sem nos frustrar muito.

dragon-quest-ios-rev-4-pn

Nesta versão iOS a Square-Enix fez um excelente trabalho em manter o jogo o mais puro possível no que toca à sua essência mas melhorando alguns aspectos clássicos que são neste momento obsoletos, como a escolha de uma opção no menu para simplesmente descer umas escadas. Nesta versão precisamos apenas de ir em direção às escadas e ao contacto vamos subir ou descer.

Dragon Quest está com uma apresentação em 2D, mantendo aspectos gráficos clássicos apesar de terem sido refeitos na íntegra. É um jogo fácil de olhar e a banda sonora baseiam-se em músicas antigas tocados por uma orquestra.

dragon-quest-ios-rev-6-pn

Dragon Quest é uma alternativa e uma versão bem vinda para os fãs. Se quiserem uma aventura com uma duração medíocre mas interessante no típico RPG clássico por turnos, não ficarão nada arrependidos com este jogo. Se Dragon Quest 2 e Dragon Quest 3 tiverem a mesma qualidade que este serão muito bem-vindos!

Positivo:

  • Uma aventura simples
  • Remake bem produzido sem passar para o 3D
  • Banda Sonora orquestrada
  • Sistema de auto-save é bem vindo
  • Preço baixo comparado com os restantes da série

Negativo:

  • Duração medíocre
  • História simples

pn-muitobom-ana