Análise – Disney Magical World 2

analise-disney-magical-world-thumb

Num passado não muito distante, alguém semelhante a um Snorlax teve a brilhante ideia de me encarregar de analisar o Disney Magical World 2. Por isso, aqui estou eu.

Apesar de não ter muito a ver com o universo de onde vai buscar as suas origens, Disney Magical World 2 é uma mistura de Animal Crossing com personagens da Disney, e muita magia à mistura e acaba por não ser apenas um “jogo para crianças”.
O jogo tenta ser mais que um simples “Life Sim” apenas com personagens da Disney, e acaba por o conseguir.
Há muitos elementos semelhantes aos de Animal Crossing, provavelmente baseados nestes; como viverem a vossa vida num mundo virtual. Porém, também possui algumas características típicas de um RPG, quebrando assim a monotonia e dando-lhe mais vida, tornando-o mais interessante.

Em Disney Magical World 2, a vossa personagem convive tanto com humanos como com personagens do Universo Disney, e podem fazer o que bem vos apetecer. O problema é escolher, pois há tanto por onde pegar que se torna um bocadinho complicado de começar por algum lado.disney-magical-world-2-analise-pn-review-proximonivel_00001

À medida que vão jogando, vão conhecendo mais personagens deste mundo maravilhoso, e a Disney soube usar muito bem a preferência dos fãs, trazendo os personagens mais icónicos para o jogo e, apesar do jogo ser direccionado mais um público mais novo, pode ser desfrutado também pelos mais velhos (caso gostem do universo, vão viver momentos nostálgicos) e conviverem com os vossos personagens favoritos.

Para além da vossa cidade, podem desbloquear diversos mundos baseados em personagens famosas da franquia, como Frozen (a minha querida Elsa! Fiquei tão contente!).

Quando não estão a conviver com as vossas personagens favoritas, têm uma vida de que tratar e gerir. Podem fazer crafting — ao explorarem a hub world cumprirem quests e mini-jogos ocasionais, encontram novos materiais que podem utilizar para criarem roupa nova, coisas para a casa, entre outros.

Quanto mais awesome forem as vossas roupas, mais impressionam os personagens, o que vos dá “Nicepoints e vos desbloqueia bónus.
Podem também tornar-se donos do café da vossa cidade e criar receitas novas (até decorar o café e organizar festas com convidados especiais!)

disney-magical-world-2-analise-pn-review-proximonivel_00003

Normalmente, este tipo de jogos assusta uma pessoa com tanto por onde pegar. No entanto, Disney Magical World 2 tem uma mecânica inteligente onde se vão desbloqueando stickers — à medida que vão avançando, o jogo vai ajudar-vos a decidir o que tentar fazer primeiro de forma a desbloquearem o que querem.

Para desbloquearem certas partes do jogo de stickers, o que não é um problema pois existem várias formas de os obter, é só escolherem.

Para além dos deveres normais de um cidadão e de interagirem com as personagens e prestarem-lhes tanto ajuda como serviços, têm os Episódios. Como referi irão desbloquear vários mundos baseados em personagens Disney e nesses sítios têm um Episode Board que vos oferece várias tarefas, sendo a mais comum terem de explorar masmorras com inimigos que devem derrotar e com itens que podem usar para crafting.
São todos muito básicos, mas divertidos.

No geral, Disney Magical World 2 consegue dar e vender em termos de conteúdo, resultando em imensas horas de jogabilidade sem nos apercebermos disso. É autêntico, mágico e giro. Pode ser não ser muito profundo em termos de história, mas entretém na mesma, cumprindo o seu objectivo.

disney-magical-world-2-analise-pn-review-proximonivel_00002

Quanto ao visual, é bastante característico da Disney e com cores vivas e alegres. Tudo tem bom aspecto, contudo tem algumas quebras de frame rate e os loading times são terríveis e chatos, acabando por nos desligar do que estávamos a fazer.

Apesar de ser retratado como um jogo para miúdos, Disney Magical World 2 é mais que isso. Se gostam de Disney e Animal Crossing, esta é uma alternativa mágica para vocês.

Positivo

  • Muita coisa por onde pegar
  • Jogo divertido e nostálgico
  • Jogabilidade interessante e dinâmica
  • Podemos interagir com as nossas personagens preferidas do Mundo Disney

Negativo

  • Algumas quebras de Frame Rate
  • História não é muito profunda, mas é interessante na mesma

pn-muito-bom-2016-3

 

Adriana Silva

Fã de videojogos, especialmente RPGs, Visual Novels e jogos de ritmo.
Gosto de anime, light novels e séries de televisão.
Devido à escolha de Steins;Gate, vim parar a esta linha temporal.
Cosplayer de coração, aspiro ser uma grande treinadora de Pokémon. (pelo menos melhor que o Ash…) Se isso não der certo, contento-me com governar Hyrule ao lado do Link.

More Posts - Website

Adriana Silva

Fã de videojogos, especialmente RPGs, Visual Novels e jogos de ritmo.
Gosto de anime, light novels e séries de televisão.
Devido à escolha de Steins;Gate, vim parar a esta linha temporal.
Cosplayer de coração, aspiro ser uma grande treinadora de Pokémon. (pelo menos melhor que o Ash…) Se isso não der certo, contento-me com governar Hyrule ao lado do Link.

  • Kanudo

    Algo me diz que esse Snorlax é o mesmo que analisou o primeiro jogo. Ele deve ter ficado mesmo triste por não ter feito análise à sequela.