Análise – Crash Team Racing Nitro-Fueled

Crash Team Racing é muito provavelmente o jogo de corridas que mais pessoas queriam ver de volta. Quer seja pelo tempo que passou desde o original ou mesmo pelo lançamento de Crash Bandicoot N.Sane Trilogy em 2017, para os fãs qualquer razão seria válida. Este jogo de corridas mantém as mecânicas base do jogo original mas acaba por adicionar mais conteúdo e adapta-o ao nosso tempo.

Para além de uma demo de um daqueles discos de PS1, o meu único contacto com Crash Team Racing havia sido com uma versão digital na PS3 e gostei do que joguei. CTR Nitro-Fueled é uma interpretação literal daquilo que este jogo é: Crash Team Racing mantém-se como o jogo base, mas foram acrescentados conteúdos de Crash Nitro Kart, um dos jogos que saiu posteriormente ao período Naughty Dog.

Este conteúdo proveniente de Nitro Kart é uma boa adição uma vez que acaba por dar mais conteúdo a um jogo que poderia ter sido considerado completo com o refazer de Crash Team Racing. Desde o aspecto melhorado das pistas passando pela banda sonora do jogo, tudo contribui para uma apresentação garrida e uma atmosfera de diversão.

O modo aventura regressa intacto. Temos vários hub worlds com várias pistas; para desbloquear a próxima área temos que ficar em 1º lugar em todas as corridas e ainda derrotar o Boss de cada área. A primeira vez em cada pista exige apenas que fiquem em primeiro lugar. Posteriormente irão desbloquear os desafios de tempo que oferecem as time relics, um outro desafio onde para além de recolher 3 letras espalhadas pela pista ainda têm que terminar em 1º lugar e um desafio de coleccionar cristais numa arena dentro de um certo limite de tempo.

As cinemáticas foram alteradas e reflectem uma maior personalidade dos personagens envolvidos. As próprias pistas também estão mais detalhadas do que outrora e o resultado é bastante bom contando ainda com várias adições. Falando nas pistas de Nitro Kart, uma das mecânicas de Nitro Kart era a anti-gravidade o que resultou na alteração das pistas, uma vez que essa mesma mecânica não está presente em CTR Nitro-Fueled.

As pistas têm alguns atalhos e estes conseguem ser bastante punitivos se tentarem e falharem, pelo que convém pensar duas vezes se vale a pena. Sempre que caiem da pista acabam por perder vários segundos, wumpa fruits e se estavam a utilizar algum poder como a máscara, também a vão perder. Falando em wumpa fruits, estas funcionam como as moedas de outros jogos do género, quando coleccionam 10 o vosso kart fica um pouco mais rápido e os vossos ataques são melhorados substancialmente, tal como nos outros kart racers se forem atingidos perdem wumpa fruits.

Comparando CTR Nitro-Fueled com outros jogos do género, este acaba por ser muito mais punitivo em termos de erros que possam ser cometidos pelo jogador e a mecânica de boost tem uma relevância bastante alta. Em CTR o poder de cada boost depende do vosso timing. Podem iniciar um drift em qualquer altura, o que vai fazer subir a barra de boost e quanto mais próximo esta estiver do fim maior será o resultado, no entanto se deixarem a barra chegar ao fim perdem qualquer tipo de bónus de velocidade. No geral são mecânicas que demoram algum tempo a aperfeiçoar, especialmente saber quais os melhores momentos para utilizar estas mecânicas que têm mais alguns extras para serem dominadas. Isto em conjunto com os ataques disponíveis para os vários jogadores resulta em corridas frenéticas, divertidas e por vezes irritantes quando somos nós os alvos desses mesmo ataques e ficamos a saltitar descontroladamente numa curva mesmo antes da meta, caímos da pista e passamos de 1º para 6º lugar (não que me tenha acontecido).

Conforme vão completando corridas, vão ganhando moedas que podem posteriormente utilizar na Pit Stop para desbloquear novo conteúdo. É aqui que vão desbloquear praticamente todo o conteúdo que não estava no CTR original, desde skins a personagens. Não se tratam de micro-transacções uma vez que não há forma de comprar estes tokens com dinheiro real, mas todo o processo parece saído de um jogo mobile. Ainda assim a quantidade de moedas que ganham varia imenso de pista para pista e do lugar em que terminam com os modos online a oferecer muito mais moedas do que os modos offline, durante algum tempo, algo como um boost diário.

Crash Team Racing: Nitro-Fueled conta ainda com eventos que vão permitir desbloquear mais conteúdo para além do que estava disponível no lançamento. Por enquanto as promessas são novas personagens, skins e uma nova pista por cada um destes eventos.

Existe muito conteúdo em Crash Team Racing: Nitro Fueled mas apenas o conteúdo original de CTR é que verdadeiramente recebe o devido destaque. Todas as outras pistas de Nitro Kart estão lá se quiserem jogar e contam com todos os desafios extra, o que me leva a questionar porque é que o modo história deste jogo não foi incluído, uma vez que até as personagens deste jogo estão disponíveis em CTR Nitro-Fueled. Crash Team Racing: Nitro-Fueled é um dos melhores jogos do género e é bastante divertido, ainda que tenha uma das curvas de aprendizagens mais íngremes do género.

 

Positivo

  • Muito divertido e desafiante
  • Recheado de conteúdo
  • Aspecto visual excelente
  • Muito para desbloquear…

Negativo

  • … ainda que o método de ganhar moedas necessite de ajustes
  • Falta de incentivo para as pistas provenientes de Nitro-Kart

Alexandre Barbosa

Videojogos e séries de TV são o seu meio de entretenimento favorito. Desde jogos de plataformas a RPGs todos os jogos são um hipotético interesse. Ganhou também alguns traumas com certos videojogos mas isso já era de esperar. Agora já posso parar de falar sobre mim na 3ª pessoa?

More Posts

Share

You may also like...