Análise – Another

Informação Global:

  • Episódios: 12
  • Ano: 2011-2012
  • Produtores: Lantis, Kadokawa Shoten, P.A. Works, Toho Company, Sentai Filmworks, The Klock Worx, Bandai Namco Live Creative, NTT Docomo
  • Géneros: Mistério, Terror, Horror, Vida Escolar
  • Idades: +17
  • Linguagem: Japonesa

Primeiro de tudo, quero reforçar a ideia de que se trata de um Anime de Terror. Sendo fã deste género, muitos directores e companhias procuram criar uma história interessante, original e nunca antes vista mas, infelizmente, acaba quase sempre por falhar. Sendo um género  espremido com o passar do tempo, ultimamente recorre a cenas mais sangrentas e violentas baixando cada vez mais o padrão de qualidade. Another, por sua vez, é um dos casos raros que contém tudo o que é necessário para ser um Anime de Terror bem-sucedido.

Tudo começa quando, à 26 nos atrás, uma estudante inteligente, boa em desporto, popular e adorada pelos seus colegas, morre subitamente. Com isto, toda a turma decide continuar como se Misaki continuasse viva até ao tempo da Graduação. Mais tarde, na primavera do ano 1998, um rapaz chamado Sakakibara Kouichi é transferido para essa mesma escola e turma. Uma atmosfera assustadora e um comportamento suspeito parece rondar a turma e no centro de tudo isto está uma misteriosa rapariga, reservada e ausente chamada Misaki Mei. Secretismo e mistério apelam à curiosidade de Kouichi que o leva a comportar inúmeras consequências pelos seus actos.

A história é complexa mas vagarosamente apresenta um desenvolver lógico de acontecimentos. Desde o início ao fim, Another consegue estimular a nossa curiosidade perante as várias personagens assim como o desenrolar da história. Sentimento de ansiedade e pressão estão presentes nas cenas de terror mais relevantes e quando pensamos estar perto da resposta, um novo acontecimento faz com que voltemos a estaca zero. Another é um Anime com uma história cuidadosamente escrita e pensada, um envolvimento simples e poucas personagens, o qual consegue comprimir o enredo de forma adequada para apenas 12 episódios. O desenlace é rápido mas não apressado, é um final do qual não estava a espera e me surpreendeu pela positiva.

Das personagens e de forma a manter o mistério, sabemos muito pouco. São quase todas estranhas e claramente tentam evitar certos tipos de conversas tornando os diálogos pesados e desconfortáveis. Sakakibara Kouichi, o nosso protagonista, é um rapaz que tem uma mínima noção do que está a acontecer e, mesmo com medo e receio, é corajoso com objectivo de satisfazer a sua curiosidade. Mesmo sendo o cliché do estudante transferido, os autores conseguem justificar a mudar para esta escola, o que faz com que Kouichi deixe de ser o típico estudante transferido só porque sim. Misaki Mei, embora sendo a rapariga estranha e solitária ao inicio, é uma personagem que apresenta um padrão de desenvolvimento constante à medida que vamos sabendo mais sobre ela. Portanto, na minha opinião, não vale a pena julgar as personagens muito cedo porque vão acabar por nos surpreender no final.

A arte e a animação retratam fielmente um Anime de Terror. As personagens não levam um tratamento muito diferente dos outros Animes, mas os fundos e os envolventes estão caracterizados de forma a levar o espectador a sentir a “morte” em cada canto do cenário. Os tons escuros de preto, castanho e vermelho formam uma atmosfera ferrugenta, solitária, desesperante, podre e pormenorizada quase sempre acompanhada de corvos esfomeados e uma aura negativa. Em cenários mais claros, lâmpadas com falhas e cenas silenciosas ao por do sol também estão presentes em Another. O uso de bonecas articuladas inacabadas, com falta de órgãos e aspecto assustador chega a ser um factor mais importante do que parece.

Em Another, o som tem como objectivo aproximar o espectador ao que está a acontecer em cena. De simples e suaves melodias a efeitos electrónicos descontrolados, o espectador dá por si num constante estado de pressão e ansiedade assustadora de que algo está prestes a acontecer. O opening da série é cantado pelas Ali Project, muito conhecidas pelo seu estilo gótico, misterioso e sombrio que encaixa perfeitamente no género de Another, enquanto que o ending tem um estilo mais calmo e sereno acompanhado de piano e de uma voz mais angelical.

Quanto aos actores de vozes das personagens principais, não creio que ainda sejam muito conhecidos mas já tiveram papeis importantes no mundo do Anime como: Misaki Mei/Takamori Natsumi (Souna de Highschool DxD, Phoebe de Muv-Luv Alternative: Total Eclipse e Konatsu de Gokujo.), Kouichi/Abe Atsushi (Mashiro de Bakuman, Touma de Toaru Kagaku no Railgun e Itsuki de Blood-C) e Izumi/Yonezawa Madoka (Ui de K-ON!, Eun de Pretty Rhythm: Dear My Future e Leviathan de Umineko no Naku Koro ni).

Na minha opinião, Another é obrigatório e não gasta muito tempo nem paciência. É um Anime com uma história única e original dentro do género, cativa e desperta curiosidade, tem um ambiente assustador e cenas com violência, sangue e morte a mistura. Há mais suspense do que sustos e não requer grande coragem para o ver. Reparti a série e vi Another em 2 dias, achei as atitudes da turma forçadas, aborrecidas, arrastadas (porque tanto eu como o protagonista queríamos saber a verdade) e o final  acontece rápido de mais. A conclusão que tirei da experiência foi que não vale a pena pensar muito e arranjar mil e uma teorias para desvendar o segredo quando, no final, a resposta esteve sempre debaixo do nosso nariz sendo o pensamento mais lógico e simples que alguma vez poderíamos pensar.

Aconselho Another a um público que vê Terror por gosto e por escárnio e mal dizer, porque tanto um como o outro vão acha-lo excelente ou cómico. Para muitos, Another não vai meter medo nenhum e vão achá-lo uma fantochada cómica, mas para outros (como eu) vão considerá-lo uma obra prima no que toca à história e envolvência tanto artística como sonora. Another não precisa de recorrer a cenas obscenas e sangrentas constantemente para ser considerado um bom Anime, porque “essência” é coisa que não lhe falta. Para quem procura um tempo bem passado e uns arrepios na espinha, Another é sem dúvida a melhor opção!

Positivo:

  • História única, original e cativante dentro do género
  • Estimula curiosidade mexendo com a parte emotiva
  • Desenvolvimento das personagens e enredo principal
  • Animação e desenho fiel ao estilo
  • Sonoridade assustadora sendo a ponte de conexão entre o espectador e o Anime

Negativo:

  • Final rápido
  • Atitudes forçadas, arrastadas e previsíveis
  • História com potencial para ser explorada alem dos 12 episódios