A Pau com os Ursos 8 – Steam

Sejam bem vindos ao oitavo episódio do A Pau com os Ursos!

Neste episódio troco o conforto do sofá por uma apresentação em pé. E porque? Porque desta vez vou falar do Steam, aquele serviço digital onde compramos coisas que não são físicas para jogar nos nossos PC.

Além do Steam, comento ainda os tópicos do Retrogaming e filmes de animação de videojogos, sugeridos pelo Chrono_98 e o Silver4000.

Sem mais demoras, aqui fica o novo vídeo.

Deixem os vossos comentários, opiniões e temas em baixo.

Daniel Silvestre

Fã de jogos, filmes, anime e coisas do género. Jogo desde que me lembro e adoro RPG. Tenho uma grande colecção deles que tenciono acabar. Talvez um dia no lar da 3ª idade.

More Posts - Website

Follow Me:
TwitterFacebook

Daniel Silvestre

Fã de jogos, filmes, anime e coisas do género. Jogo desde que me lembro e adoro RPG. Tenho uma grande colecção deles que tenciono acabar. Talvez um dia no lar da 3ª idade.

  • Silver4000

    §Son Goku, Porque olhas para mim?§
    §Essa tua pose. E o teu longo cabelo loiro.§
    True, também não me agrada a ideia de jogos digitais, mas no PC e com o Steam não me preocupa nada, acho que é o serviço numero um para um PC Gamer, infelizmente também não tenho um PC bom, por issonão meto muito là os pés, nem faço aquisições para là… se também hà para as consolas, aproveito essas versões.

    §Son Goku. Foi amor à primeira vista.§
    §Se eu fosse capaz. Levava-te comigo§
    Um tema que eu me tinha lembrado de sugerir no episodio anterior, era sobre as produtoras Indie, neste caso era na tua opinião, se elas ao aderirem ao Kickstarter, se ainda poderiam ser consideradas Indie. Mas com esta noticia de a Microsoft so admitir jogos indie na XboxOne se as produtoras se aliarem a uma distribuidora, ou à Microsoft Games, queria ver a tua opinião sobre isso também.

    • mart88

      Silver o steam exstá cheio de perolas que nem precisas de um bom pc a preços que pouco passam dos 10€, quando há promoções perco sempre a cabeça e adquiro meia duzia de joginhos que talvez nunca iria comprar mas que provam que mostram que vale a pena perder algum tempo com eles.

    • Daniel Silvestre

      Estou a ver que ficas-te um grande fã do Son Goku 😀

      Eu também prefiro comprar para consola, ou mesmo que seja em PC, em formato físico e com caixa para adicionar à minha colecção. Ainda recentemente comprei o Deus Ex Human Revolution no Steam por 2.99 e dias depois comprei novamente por 2.99 na Media Markt só para ter o formato físico. Basicamente gastei 6 euros na versão PC e fiquei com versão física e chave do Steam.

      Quanto ao tema, vamos ver se se enquadra no próximo episódio 🙂

      Cumprimentos!

      • Silver4000

        jà agora, onde foi o milagre de o teu computador passar a ser potente? Dava jeito para o meu 😛 ando à procura de peças….

  • Chrono_98

    Excelente episódio, concordei com grande parte daquilo que disseste. Também prefiro ter os meus jogos em formato físico (o digital nunca me cativou) e acho que está na altura de lançar um novo Jak and Daxter, porque apesar de só ter completado o primeiro os outros também pareciam bastante bons. Quanto ao Sly, acho que seria bastante interessante fazer um filme, mas parece-me improvável que façam porque, na minha opinião, a única maneira de captar a essência dos jogos era com animação clássica e ultimamente não investem muito nesse estilo de animação.
    FIY: Keep Calm and Stand Up.

    • Daniel Silvestre

      Eu sei que a passagem para o Digital é uma questão de anos, mas acredito que os jogos mais fortes vão ter direito a versões físicas de coleccionador cheias de extras. Até lá, vou continuar a preferir o formato físico.

      O cinema roda em volta de modas, agora estamos na era 3D, mas se um Sly fosse lançado e fosse realmente bom, acredita que muitos estúdios iam tentar criar animação ao estilo antigo para aproveitar a moda. De todos, acho que gostava mais de ver o Sly, é giro para os mais novos e inteligente para os mais velhos.

      Cumprimentos!

  • mart88

    Herege, não acreditas no Steam XD.
    Daniel se gostaste das promoções vais perder-te nas promoções de verão da Steam ai é uma maluqueira com descontos diarios e com duração curta (8h) mas que valem mesmo a pena. E disseste que não faltava melhorar nada no RE6, mas falta melhorar o jogo em si 😛

  • onshowon

    bom a pau com os ursos Daniel. relativamente ao steam nunca utilizei porque o meu pc não é dos melhores e basicamente utilizo-o mais para trabalho que outra coisa qualquer. No entanto dada as promoções que volta e meia lá aparecem penso ser vantajoso para os utilizadores de pc, afinal de contas às vezes por meia dúzia de € é possível adquirir bons jogos.

    Relativamente à apresentação do programa acho que deverias seguir os teus instintos, isto é, apresenta da maneira que te sintas mais à vontade. Se fosse eu provavelmente escolheria apresentar em pé uma vez que quando falo gosto de me mexer, aliás às vezes quando atendo o telemóvel tenho a tendencia para me levantar e passear pela casa para falar mais à vontade… quando dou por ela às vezes já estou enfiado na dispensa lol.

    Tenho é uma proposta, bem é mais uma ideia que talvez fosse engraçado de ver o próximo nível a por em prática… isto é uma vez que a e3 se está aproximar vocês podiam fazer um video pré-e3 no qual cada um dos elementos da equipa do proximonivel diriam o que estavam à espera de ver apresentado na e3 (um video curto em que num minuto ou dois cada um de vocês daria uma lista de anuncios que gostariam de ver na e3). E depois faziam um video pós-e3 no qual (novamente cada um dos elementos da equipa) dariam os prós e os contras da e3, o que gostaram e o que não gostaram. Quem sabe esses vídeos até poderiam ser divididos em categorias (um video para a ps3, ps4, xbox360, xbox one, 3ds, vita, wiiu, pc… um video era lançado no dia 7, outro dia 8, outro 9 e outro no dia 10 de junho que antecede a abertura da e3.). Isto seria algo à parte do a pau com os ursos (desculpa estar a deixar esta ideia na secção de comentários do a pau com os ursos), não sei se é possível mas penso que era algo interessante de se ver.

    • Daniel Silvestre

      Também não utilizava o Steam porque tinha o mesmo problema. O meu PC não era nada de especial. Agora que já faz umas coisas giras, já posso jogar a maioria dos jogos no máximo, o que ampliou o leque de possibilidades 🙂

      Quanto à proposta, vamos ver se é possível fazer isso mesmo, nem que seja em formato de texto. Obrigado pela sugestão.

      E em principio, será de pé das próximas vezes 😀

      Cumprimentos!

  • Filme do Sly seria interessante e divertido xD

    Gostei muito deste A pau com os Ursos, especialmente do tema sobre os formatos digitais. Muitas empresas estão a tentar expandir isso nos jogos, livros e filmes. No entanto, acho que vou sempre preferir o formato físico. Não sei….é sempre bom olhar para uma prateleira e veres a tua grande colecção tal como tens ai atrás de ti.

    Os meus amigos estão-me sempre a perguntar porque é que compro filmes e não os sako, eu por acaso nos últimos meses comecei a sakar mais filmes mas prefiro sempre comprá-los para, não só, ter no formato físico mas também para ajudar as produtoras.

    Excelente rubrica, continuem!

    PS: qual é o nome na steam? xD

  • DevilBringer

    Mais um excelente episódio Daniel!!

    Eu até agora nunca comprei nenhum jogo pelo Steam, apesar das excelentes promoções que já vi lá, porque o meu PC não aguenta grande parte deles, mas como no verão vou comprar um pc novo, acho que vou tar lá enfiado todos os dias (apesar de preferir jogos em formato físico)

    E Daniel, já existe uma série do Viva Piñata xD